Luiz Roberto Guedes

Crônicas publicadas no projeto.

Luiz Roberto Guedes

Derrota no deserto

Acordei apreensivo na sexta-feira, 9 de dezembro, dia do embate entre Brasil e nada menos que a vice-campeã da Copa do Mundo de 2018, a encruada Croácia. A mesma que já fez parte da Iugoslávia, um ‘patchwork’ de nações e etnias reunidas sob a regência do marechal Josip Broz Tito. O retrospecto nos mostrava que a Iugoslávia tinha eliminado o

Leia mais »
Luiz Roberto Guedes

Zebra africana no Catar

Enquanto temos dois dias de folga para respirar e preparar os nervos para as quartas de final da Copa no Catar, aproveito para alinhavar algumas reflexões e constatações ociosas. Agora, restam apenas os grandes em cena: Pindorama, Argentina, França, Inglaterra, Holanda, Portugal, a combativa Croácia e a marrenta seleção marroquina, que fez a Espanha cair do salto alto — olé!

Leia mais »
Luiz Roberto Guedes

Novos garotos da camisa amarela

O presidente eleito, Lula da Silva, vestiu a camisa da CBF e vibrou com a vitória da seleção brasileira em sua estreia na Copa: 2 x Zero sobre a Sérvia. E, além de ter resgatado a camisa amarela para a cidadania e a civilidade, Lula ainda palpitou que o Brasil poderá ganhar essa Copa — que só precisamos tomar cuidado

Leia mais »
Luiz Roberto Guedes

Copa do Mundo 2030 Agora vai! É o Brasil em Dubai!

[Há uns 10 anos, escrevi uma croniqueta humorística sobre a realização de uma Copa do Mundo num país árabe. Aqui vem ela, pelo que valha, enquanto aguardamos o próximo jogo no Catar.] 1º Tempo — Boa tarde, Brasil: estamos de volta para acompanhar a seleção brasileira de futebol em mais uma batalha para ultrapassar as oitavas de final da Copa

Leia mais »
Luiz Roberto Guedes

Quando o país amarelou

A TV Globo vem exibindo a série de programetes “A Copa que eu vi”, com artistas, jogadores, jornalistas e celebridades variadas relembrando determinados jogos das diversas Copas. Aproveito o pretexto para recordar um momento marcante da Copa de 98. Era sábado, eu tinha ido ao saudoso Barnaldo Lucrécia pra bater uma poderosa feijoada e assistir a um jogo da Copa

Leia mais »
Luiz Roberto Guedes

Cotados e catados para o Catar

Como torcedor predestinado do Corinthians — nasci no mesmo dia da fundação do time —, acompanho preferencialmente os jogos do timão, se passam na TV aberta. Em tempo de Copa do Mundo, meu interesse é menor, ainda mais agora, quando a camisa amarela da CBF foi aviltada e enxovalhada por turbas que fizeram micareta pelas avenidas do país para derrubar

Leia mais »

Crônicas publicadas no projeto.

Derrota no deserto

Acordei apreensivo na sexta-feira, 9 de dezembro, dia do embate entre Brasil e nada menos que a vice-campeã da Copa do Mundo de 2018, a encruada Croácia. A mesma que já fez parte da Iugoslávia, um ‘patchwork’ de nações e etnias reunidas sob a regência do marechal Josip Broz Tito. O retrospecto nos mostrava que a Iugoslávia tinha eliminado o Brasil em dois Mundiais, 1934 e 1954, e que a

Leia Mais »

Zebra africana no Catar

Enquanto temos dois dias de folga para respirar e preparar os nervos para as quartas de final da Copa no Catar, aproveito para alinhavar algumas reflexões e constatações ociosas. Agora, restam apenas os grandes em cena: Pindorama, Argentina, França, Inglaterra, Holanda, Portugal, a combativa Croácia e a marrenta seleção marroquina, que fez a Espanha cair do salto alto — olé! Sem esquecer da pálida despedida da Alemanha, que o ex-presidente

Leia Mais »

Novos garotos da camisa amarela

O presidente eleito, Lula da Silva, vestiu a camisa da CBF e vibrou com a vitória da seleção brasileira em sua estreia na Copa: 2 x Zero sobre a Sérvia. E, além de ter resgatado a camisa amarela para a cidadania e a civilidade, Lula ainda palpitou que o Brasil poderá ganhar essa Copa — que só precisamos tomar cuidado com as potências Inglaterra, França e Espanha. Boas falas. Precisamos

Leia Mais »

Copa do Mundo 2030 Agora vai! É o Brasil em Dubai!

[Há uns 10 anos, escrevi uma croniqueta humorística sobre a realização de uma Copa do Mundo num país árabe. Aqui vem ela, pelo que valha, enquanto aguardamos o próximo jogo no Catar.] 1º Tempo — Boa tarde, Brasil: estamos de volta para acompanhar a seleção brasileira de futebol em mais uma batalha para ultrapassar as oitavas de final da Copa do Mundo de 2030. É o Brasil inteiro torcendo pelo

Leia Mais »

Quando o país amarelou

A TV Globo vem exibindo a série de programetes “A Copa que eu vi”, com artistas, jogadores, jornalistas e celebridades variadas relembrando determinados jogos das diversas Copas. Aproveito o pretexto para recordar um momento marcante da Copa de 98. Era sábado, eu tinha ido ao saudoso Barnaldo Lucrécia pra bater uma poderosa feijoada e assistir a um jogo da Copa nos tevês instalados no salão principal. E vibrei com a

Leia Mais »

Cotados e catados para o Catar

Como torcedor predestinado do Corinthians — nasci no mesmo dia da fundação do time —, acompanho preferencialmente os jogos do timão, se passam na TV aberta. Em tempo de Copa do Mundo, meu interesse é menor, ainda mais agora, quando a camisa amarela da CBF foi aviltada e enxovalhada por turbas que fizeram micareta pelas avenidas do país para derrubar uma governante eleita com 54,5 milhões de votos. Além disso,

Leia Mais »