Le futebol parle francês

Hoje, se quer um idioma que personifique o bom foot, eis que lhe há o francês. De la France ou de la Belgique. Equipes que se enfrentarão com afã, ali, num Maracanã qualquer, só o filet desse esporte. O escrete francês é como um buffet de craques: Griezmann, Pogba, Matuidi e, alô!, Kilian Mbappé, o grande frisson dessa competição.

No outro menu, Mertens, Witsel, Cortois, e isso é só o couvert. Para quem quiser, tem Hazard, De Bruyne e o chef, Romelu Lukaku. Equipes de elite, que fazem questão que se pratique um futebol très chique, ora com posse de la balle sempre ofensiva, ora deixando jogar, a esperar uma gafe, para que num pique se aplique o fatal contra-ataque, que acabou com tantas equipes nessa Coupe de Monde.

Nessa mise-en-scene, um tem Griezmann como galã, outro Hazard como garçon. O champanhe vem sempre servido em alta velocidade, acredite, os passes rápidos, uma dança, um ballet. Giroud como pivô, Lukako, o matador.

Na retaguarda, ninguém sorri: Varane, Kompany, Umtiti, garantem a meta de Cortois e Lloris. Um pouco à frente, se faz nécessaire duros volantes com habilidade pra sair armando. Pogba e Kanté levam grand vantagem sobre Witsel e Fallaini.

No ataque, uma avalanche, Griezmann e Hazard, De Bruyne e Giroud e Lukaku a voar. Coisa melhor, très difícil de achar.

Agite na frente pro breve Mbappé, o jovem a galope cortando o ar, a pele noir, Anda, acorde!,triplique o placar.

Verifique que perante esses escretes ficaram très titãs: Argentina, Uruguai, Brasil, nove títulos mundiais. No jogo de hoje, eis que ali há…só um. Mas se permite meu palpite, adianto que logo serão deux. Quem passar, aposto, vai faturar. Teremos uma nova campeã ou, quiçá, uma bi? Mas é futebol e tem tabu. É bom que se aguarde, oui, oui!

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Curta nossa página no Facebook e acompanhe as crônicas mais recentes.

Crônicas Recentes.