Um olho no campo, outro nos técnicos

E a Copa da Rússia 2018 vai seguindo, meio morna pra nós. Atolados com tantos problemas no país, a gente bem que tenta se envolver, reviver as alegrias que o futebol já nos deu, mas está difícil, até mesmo nosso time joga mas não empolga. Então chamamos os filhos, os amigos, ligamos a TV, pote de pipoca no colo, a cervejinha gelada ao lado, tudo pra levantar o astral. Os times se perfilam, vemos os atletas dos dois times (rosto e corpo inteiro), observamos os meninos com tudo que têm de bonito (ou nem tanto) e, claro, avaliamos.

Só de brincadeira, fiz um levantamento entre as amigas e foram apontados como os mais gatos, ou Boys Magia: Oliver Giraude Thomas Lemar (França), YannSommer (goleiro-coisa-mais-linda da Suíça), Allison (o nosso goleiro), Gerard Piqué (espanhol, responsável por um belo gol deles, aliás), RúrikGíslason (Islândia), NikoKranjčar (Croácia), e claro, Cristiano Ronaldo (o Ken português, o campeão dos votos, porém muito-certinho-pro-meu-gosto).

Mas não dá pra negar: depois dos 50 a gente começa a achar os técnicos mais interessantes que muitos dos meninos, e novas perspectivas se abrem. Meu preferido é o ainda jovem Aliou Cissé (cabelo-rastafari, lindo de tirar o fôlego, do Senegal). Mas também merecem um olhar, digamos, mais atento: Adam Nawalka (e seus cabelos prateados, da Polônia), Herve Renard (também ovos-nevados, do Marrocos), ZlatkoDalic (todo arrumadinho, da Croácia), e HeimirHallgrimsson (do tipo loirão, da Islândia, porque não somos preconceituosas), entre outros coroas bonitões. E convenhamos, até o nosso Tite é bonitinho e risonho.

Ver gente bonita no campo – e na beira dele – torna os jogos bem mais animados, não importa o resultado. Afinal, olhar é de graça e admirar a beleza um dever de todos. E se durante essa nossa contemplação do belo alguém (incluindo o marido, namorado, crush ou o que for) quiser saber o que estamos achando do jogo, o escritor Marcílio Godoi dá uma dica. Ele elaborou um tutorial de frases aleatórias, mas polivalentes e impactantes que você pode dizer durante a Copa para mostrar que entende tudo de futebol:

 

  • – Tem de marcar, eles estão ganhando o meio-campo!
  • – Quem é que tá na cobertura da lateral?
  • – Abre o jogo, gira a marcação, porra!
  • – Tem de valorizar a posse e explorar a jogada ensaiada!
  • – Eles são perigosos na bola parada!

 

Se a gente (homens ou mulheres) soltar uma frase dessas a cada dez, quinze minutos, sempre apontando para televisão, vão todos achar que entendemos pra caramba de futebol. E melhor ainda se o jogo for narrado por uma mulher, como é o caso do canal Fox Sports 2. Aí o nosso lado feminista se alegra duplamente, porque é mais um espaço de trabalho aberto pelas manas, e a gente sabe – ainda que elas não digam – que também estão, por dentro, avaliando os meninos tal como nós. Isso é que é cumplicidade!

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Curta nossa página no Facebook e acompanhe as crônicas mais recentes.

Crônicas Recentes.