maiakóvski futebol e arte clube

e a abertura da copa? prometia ser mais um jogo sacal, sem o corinthians, como sempre. tinha tudo pra ser pior que o jogo de ontem na bahia. mas confesso que o joguinho até que surpreendeu.
um bom amigo, que mora em portugal (e portanto a abertura pra ele foi em moscovo), tinha feito uma anedota que me divertia e parecia premonitória, “rússia e arábia saudita como estreia de copa do mundo? se fosse uma guerra prometeria, mas futebol?”. mas como o bom e velho nazianzeno sabe tudo de fulerage e nada de futebol, errou e muito.
pois não é que fomos mais uma vez surpreendidos pelo esquadrão maiakóvski? jogando firme na função é forma e forma é função, os russos fizeram uma bela abertura de copa, contrastando com o tal “show” anterior. quase só golaços, dando um ânimo inicial nesse coração já cansado do tiki-taka possesivo do futebol muderno.
mas o que posso dizer eu, se o próprio velho maiaka já antevira o que poderia acontecer. sente o drama. acho que nessa copa vai caber poesia no ninho da сова.

O QUE ACONTECEU,
Mais do que é permitido,
mais do que é preciso,
como um delírio de poeta
sobrecarregando o sonho:
a pelota do coração tornou-se enorme,
enorme o amor,
enorme o ódio.
Sob o fardo,
as pernas vão vacilantes.
Tu o sabes,
sou bem fornido,
entretanto me arrasto,
apêndice do coração,
vergando as espáduas gigantes.
Encho-me dum leite de versos
e, sem poder transbordar,
encho-me mais e mais.

parece que mesmo sem o corinthians, essa copa promete. vamos torcer.

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Curta nossa página no Facebook e acompanhe as crônicas mais recentes.

Crônicas Recentes.