Heloísa Ramirez

Crônicas publicadas no projeto.

Dia normal

  – Doutora vai atender normal na segunda-feira? – Sim, normal, não deveria? – Mesmo se houver jogo do Brasil? – Jogo do Brasil? Pensei com meus botões, mas o jogo do Brasil é quarta-feira, ou será na segunda? – É que meu horário é as 14 horas. Não sei se consigo assistir ao jogo e chegar em tempo para a análise. – Hum… prefere remarcar a sessão? Venha na

Leia Mais »

Festa do alienado

Talvez a primeira vez que ouvi a expressão copa do mundo tenha sido em 1958, menina pequena, descobri pela animação do meu pai, que algo importante estava acontecendo. Aos poucos foram chegando alguns vizinhos e a euforia tomou conta do pequeno grupo que se acomodou em algumas cadeiras em torno de um rádio de pilhas, se a lembrança estiver certa, arranjado especialmente para a ocasião e assentado em um caixote

Leia Mais »

Crônicas publicadas no projeto.

Dia normal

  – Doutora vai atender normal na segunda-feira? – Sim, normal, não deveria? – Mesmo se houver jogo do Brasil? – Jogo do Brasil? Pensei com meus botões, mas o jogo do Brasil é quarta-feira, ou será na segunda? – É que meu horário é as 14 horas. Não sei se consigo assistir ao jogo e chegar em tempo para a análise. – Hum… prefere remarcar a sessão? Venha na

Leia Mais »

Festa do alienado

Talvez a primeira vez que ouvi a expressão copa do mundo tenha sido em 1958, menina pequena, descobri pela animação do meu pai, que algo importante estava acontecendo. Aos poucos foram chegando alguns vizinhos e a euforia tomou conta do pequeno grupo que se acomodou em algumas cadeiras em torno de um rádio de pilhas, se a lembrança estiver certa, arranjado especialmente para a ocasião e assentado em um caixote

Leia Mais »