Guilherme Trucco

Crônicas publicadas no projeto.

Surnaturel du Carlos

O jogo é só amanhã, mas já vou cravar: Vamos nos estrepar contra a França. Eu garanto. Veja bem, não se trata de uma crítica. Longe disso. Não é uma questão de esculhambar a falta de suporte ao futebol feminino brasileiro, enquanto as francesas tem campeonato organizado e tudo o mais. Vamos tomar uma ripa da França pelo simples fato de uma tremenda urucubaca, isso sim. Vocês vão dizer que

Leia Mais »

Faltou Formiga

Sabe onde foi que perdemos o jogo? Aos 13 minutos do primeiro tempo, quando ainda íamos em 0 x 0, e Formiga tomou um discutível amarelo. A integridade defensiva do nosso onze passa, irrecusável, pela ossatura de Formiga. Com ela em campo, conseguíamos, era palpável, aprumar o sistema defensivo no entorno, evitar ao máximo a chuverada australiana. É decisão difícil manter uma volante amarelada em campo em uma batalha pela

Leia Mais »

Sobre Andressa, e o bom futebol

Saio saciado desta estreia do nosso onze feminino. Me pego mesmo risonho. Não vou comentar, como muitos estão a fazer, sobre a superação que é, para cada uma delas, estar ali. Seria inexato. Incompleto. Prefiro focar no que é realmente a ossatura desse escrete: o bom futebol. Elas jogaram como uma seleção brasileira deve jogar. Elas foram Brasil. Ponto. Elas atacaram do início ao fim. Jogaram muita bola. Como deve

Leia Mais »

Só o improviso salva

Como era de se esperar, o onze oriental veio com uma cínica Muralha da China. A Alemanha, também não fugiu do seu chavão, e veio com seu costumeiro toque de bola maquinal. Posse do couro pra lá e pra cá, mas nada de varar a amurada rígida. Zero a zero manjado, coluna do meio. A China bem que tentou enredar, com contra-ataques bem alinhavados, e a sua camisa 9 Yang

Leia Mais »

Crônicas publicadas no projeto.

Surnaturel du Carlos

O jogo é só amanhã, mas já vou cravar: Vamos nos estrepar contra a França. Eu garanto. Veja bem, não se trata de uma crítica. Longe disso. Não é uma questão de esculhambar a falta de suporte ao futebol feminino brasileiro, enquanto as francesas tem campeonato organizado e tudo o mais. Vamos tomar uma ripa da França pelo simples fato de uma tremenda urucubaca, isso sim. Vocês vão dizer que

Leia Mais »

Faltou Formiga

Sabe onde foi que perdemos o jogo? Aos 13 minutos do primeiro tempo, quando ainda íamos em 0 x 0, e Formiga tomou um discutível amarelo. A integridade defensiva do nosso onze passa, irrecusável, pela ossatura de Formiga. Com ela em campo, conseguíamos, era palpável, aprumar o sistema defensivo no entorno, evitar ao máximo a chuverada australiana. É decisão difícil manter uma volante amarelada em campo em uma batalha pela

Leia Mais »

Sobre Andressa, e o bom futebol

Saio saciado desta estreia do nosso onze feminino. Me pego mesmo risonho. Não vou comentar, como muitos estão a fazer, sobre a superação que é, para cada uma delas, estar ali. Seria inexato. Incompleto. Prefiro focar no que é realmente a ossatura desse escrete: o bom futebol. Elas jogaram como uma seleção brasileira deve jogar. Elas foram Brasil. Ponto. Elas atacaram do início ao fim. Jogaram muita bola. Como deve

Leia Mais »

Só o improviso salva

Como era de se esperar, o onze oriental veio com uma cínica Muralha da China. A Alemanha, também não fugiu do seu chavão, e veio com seu costumeiro toque de bola maquinal. Posse do couro pra lá e pra cá, mas nada de varar a amurada rígida. Zero a zero manjado, coluna do meio. A China bem que tentou enredar, com contra-ataques bem alinhavados, e a sua camisa 9 Yang

Leia Mais »