Marcelo Zogbi Araújo

Crônicas publicadas no projeto.

A grande final

Agora não existe reta final, é somente final. São somente 90 minutos, ou um pouco mais, que vão definir um bicampeonato ou um inédito campeão mundial. Já foram 63 jogos, falta 1. Nesta copa já saíram aproximadamente 163 gols, gols de cabeça, pênalti, cobrança de falta, voleios, gols nos acréscimos, só não teve gol de bicicleta, nem de mão Maradona. A jornada foi longa, gigantes caíram fora de primeira, teve

Leia Mais »

Crítica à sociedade

Demoro um pouco para escrever essa crônica para me acalmar, pois caso isso não ocorresse ela sairia cheia de palavras “radicais”  e impróprias para um texto. Desde o começo da Copa do mundo, as redes sociais brasileiras só falavam um género de coisas: teorias de conspiração e mensagens falando que essa era a “copa do hexa”. Ainda não recuperado dos 7 fui contrário a todas as falas como “o hexa

Leia Mais »

De volta para o jogo

Não chorei, mas doeu, na alma, no psicológico. Não chorei, mas achei uma merda, fiquei revoltado, perder no Mineirão, em casa de 7 é dose. Estava em um bar vendo o jogo com meu pai, expectativa grande, fantasiado, com o rosto de verde e amarelo. 50 pessoas olhando para a tv e vendo a maior chacota do futebol brasileiro criando forma, era um monstro crescendo. 1, 2, 3, 4, 5,

Leia Mais »

Crônicas publicadas no projeto.

A grande final

Agora não existe reta final, é somente final. São somente 90 minutos, ou um pouco mais, que vão definir um bicampeonato ou um inédito campeão mundial. Já foram 63 jogos, falta 1. Nesta copa já saíram aproximadamente 163 gols, gols de cabeça, pênalti, cobrança de falta, voleios, gols nos acréscimos, só não teve gol de bicicleta, nem de mão Maradona. A jornada foi longa, gigantes caíram fora de primeira, teve

Leia Mais »

Crítica à sociedade

Demoro um pouco para escrever essa crônica para me acalmar, pois caso isso não ocorresse ela sairia cheia de palavras “radicais”  e impróprias para um texto. Desde o começo da Copa do mundo, as redes sociais brasileiras só falavam um género de coisas: teorias de conspiração e mensagens falando que essa era a “copa do hexa”. Ainda não recuperado dos 7 fui contrário a todas as falas como “o hexa

Leia Mais »

De volta para o jogo

Não chorei, mas doeu, na alma, no psicológico. Não chorei, mas achei uma merda, fiquei revoltado, perder no Mineirão, em casa de 7 é dose. Estava em um bar vendo o jogo com meu pai, expectativa grande, fantasiado, com o rosto de verde e amarelo. 50 pessoas olhando para a tv e vendo a maior chacota do futebol brasileiro criando forma, era um monstro crescendo. 1, 2, 3, 4, 5,

Leia Mais »